Prefeito afirma que não admitirá favorecimento na vacinação

0
24
Foto: Divulgação/Internet

O prefeito David Almeida disse em comunicado de esclarecimento divulgado no final desta manhã (23) que não vai admitir e nem tolerar quem vai ajudar o Ministério da Saúde a priorizar a coorte de vacinação Comportar e reiterar a transparência do processo de vacinação contra a Covid-19.

Também destacou que no governo do estado (hospitais, SPA e UPA), a construção de uma rede de alta complexidade de listas de vacinação é de responsabilidade exclusiva de cada gestor de secretaria de saúde.

“Desde já, o prefeito de Manaus anuncia a criação de uma Comissão de Ética e Disciplina para apurar e impor as sanções cabíveis no âmbito municipal”, diz a nota.

As informações indicam que o prefeito fará hoje um comunicado nas redes sociais. Ele deve comentar sobre a lista “não oficial” circulada, listando os nomes de pessoas que teriam sido vacinadas contra o covid-19.

Comentário