Uso de máscara segue recomendado em hospitais e transporte coletivo

0
0

Uma das cidades que mais sofreu com a pandemia de Covid-19, em todo o mundo, Manaus flexibiliza o uso de máscaras de proteção em locais fechados a partir desta quarta-feira (30). No entanto, assim como aconteceu com a revogação total do uso da peça em ambientes abertos da capital, a liberação nos espaços fechados só acontecerá quando um novo estudo sobre o cenário epidemiológico da cidade for feito.

No decreto municipal, nº5.282 assinado pelo prefeito de Manaus, David Almeida, há ainda algumas recomendações para a utilização da peça em determinados espaços, como ambientes hospitalares e transporte público.

“Não dá para liberar geral. Estamos exigindo ainda a obrigatoriedade de máscara em locais fechados, como ambientes hospitalares, tanto para os profissionais de saúde quanto para os pacientes, e também no transporte coletivo, como ônibus, micro-ônibus, táxis e transporte compartilhado”, disse o prefeito.

Ainda conforme o documento, as medidas nele previstas poderão ser reavaliadas a qualquer momento, de acordo com a situação epidemiológica do município.

A utilização de máscara fica recomendada em qualquer ambiente, para idosos de 70 anos ou mais; às pessoas com sintomas gripais e aos imunossuprimidos; profissionais de saúde no exercício de suas atividades; usuários do sistema de saúde público e particular; usuários e profissionais de qualquer meio de transporte coletivo ou compartilhado.

 

Fonte: Com informações da assessoria

Comentário