R$54 bilhões de reais em pagamentos irregulares pelo auxílio emergencial

0
17
Foto: Divulgação/Internet

Tribunal de Contas da União (TCU) divulgou, nesta quarta-feira (24), o balanço sobre as fiscalizações das ações de implementação do auxílio emergencial a pessoas em situação de vulnerabilidade, previstas no Plano Especial de Acompanhamento das Ações de Combate à Covid-19. O documento aponta que R$ 54 bilhões foram pagamentos irregulares.

A análise do TCU apontou que uma parte dos pagamentos foi realizada de maneira indevida: dos R$ 293 bilhões destinados à implementação do benefício, cerca de R$ 54 bilhões podem ter sido pagamentos indevidos, com base nas informações da PNAD Contínua. Esse valor seria suficiente para proporcionar um auxílio de R$ 300,00 a 60 milhões de brasileiros durante três meses. Esses pagamentoos irregulares tiveram participação de 18,4% do total pago

Comentário