Silas Câmara irá debater a redução do Gás de cozinha.

0
124
FOTO: REPRODUÇÃO

O presidente da comissão, Silas Câmara declarou o empenho e apoio a proposta do presidente Jair Bolsonaro

BRASÍLIA| A Comissão de Minas e Energia (CME) da Câmara dos deputados, presidida pelo deputado federal, Silas Câmara (PRB/AM) irá realizar no dia 24 de abril uma audiência pública para debater a redução do preço final do gás de cozinha ao consumidor. A medida foi anunciada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes nesta terça-feira, (09) durante a marcha dos prefeitos em Brasília DF e será imposta em até 2 anos.

O encontro irá acontecer no plenário Anexo II do plenário 14 às 9 horas da manhã e ira contar com a presenças de Representantes do Ministério de Minas e Energia; Presidente do Tribunal de Contas da União – TCU; Representantes da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP; Petrobras, Representantes do Fórum das Associações Empresariais Pró-Desenvolvimento do Mercado de Gás Natural e o Superintendente da Associação Brasileira das Indústrias de Vidro – Abividro.

Segundo o presidente da comissão de Minas e Energia, Silas Câmara a medida, caso seja aprovada, terá um impacto financeiro . O preço no Brasil do chamado BTU (unidade de medida do gás), custa US$ 12. Já no Japão e na Europa esse preço é de US$ 7.Nesses países, de acordo com Silas, não têm produção de gás e importam o produto da Rússia. Nos Estados Unidos, que têm produção de gás o preço é de US$ 3 por BTU. O preço é mais alto no Brasil devido ao monopólio da Petrobras no refino do produto e na distribuição. Vamos quebrar esse monopólio estaremos ao lado do presidente, Jair Bolsonaro na medida. Isso ira beneficiar o trabalhador brasileiro” , declarou.

Comentário