Quem é o Espírito Santo?

0
47
Foto: Reprodução/ Internet

Hoje estou aqui para falar acerca do Espírito Santo, aquele do qual muitos falam, mas poucos o conhecem. Bom, encontramos citações sobre ele em todo o antigo testamento, no novo testamento também vimos o próprio Jesus falando sobre o Espírito Santo e no livro dos apóstolos é o local onde mais vemos a presença real dEle. Mas afinal? Quem é o Espírito Santo?

O Espírito Santo é uma terceira pessoa da trindade, mas ao contrário do que muitos pensam ou julgam, ele não é menos importante que o Pai ou Filho. Todos eles têm a mesma importância, ou pelo menos deveriam ter, para a vida de um cristão.

Quando pensamos no Espírito Santo, no novo testamento, logo nos lembramos do dia de Pentecostes, descrito em Atos dois, quando Deus enviou o Espírito do céu, e ele encheu os discípulos de Jesus e os capacitou para a tarefa de pregar o Evangelho em todo o mundo. Mas o grande erro das pessoas é o de pensar que o Espírito Santo se resume apenas nisso, em poder, fogo, cura, libertação, capacitação para pregar o evangelho e dentre outras atribuições. Entretanto, Ele não é apenas isso, os cristãos esquecem de que ele é o nosso consolador querido, aquele que nos conforta em meio a dor, em meio ao choro, em meio as dificuldades. O teu sorriso em meio ao choro, o teu amigo quando todos te abandonam, aquele que quando você dobra os seus joelhos e saem somente lágrimas de suas orações, ele recolhe e as leva diante do Pai.

O Espírito Santo é uma pessoa, não apenas uma força ou um poder. Jesus disse que Ele é uma pessoa quando o chamou de nosso Conselheiro, algo que só uma pessoa pode ser (João 14:16-17). A Bíblia fala que Ele tem todas as características de uma pessoa:

  • Ele fala – a Bíblia conta que o próprio Espírito Santo falou com os discípulos como uma pessoa, não como uma força usada por alguém (Atos 13:2).
  • Ele pensa – o Espírito Santo sonda e compreende as coisas de Deus, tem capacidade intelectual (1 Coríntios 2:10-11).
  • Ele sente – se nós podemos entristecer o Espírito Santo, isso significa que Ele tem capacidade para sentir emoções (Efésios 4:30).
  • Ele tem vontade – o Espírito Santo toma decisões, dando a conhecer a Sua vontade (Atos 16:7).

O que acontece hoje é que os cristãos, jovens principalmente, tem se esquecido do Santo Espírito. Tem o colado em segundo, ou até terceiro, plano de suas vidas. Esquecem-se de que Ele é sensível, o apóstolo Paulo deixa isso bem claro em sua carta aos Efésios: “E não entristeçais o Espírito Santo de Deus” (Efésios 4:30). Você pode se perguntar. Mas como eu posso entristecer o Espírito Santo, na continuação do texto na carta de Efésios, o apostolo Paulo diz.

“Por isso deixai a mentira, e falem a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros. Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira. Não deis lugar ao diabo. Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade. Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem.” (Efésios 4:25-29)

Quando você entristece demais o Espírito Santo, ele como uma pessoa se afasta de você. Portanto, agora que você conhece um pouco mais sobre essa parte importantíssima da Trindade, procure chegar-se Ele e caso queira conhecê-lo mais profundamente é só dobrar os joelhos e pedir para a Ele para que venha sobre você. Um coração quebrantado o Espírito Santo não resiste.

Valorize o Espírito Santo, pois ele é o presente de Jesus Cristo para nós, não existe nessa vida um amigo mais compreensível e presente do que Ele. 

 

Comentário