“Qualquer um pode cantar gospel, mas é preciso ter a presença de Deus”, afirma cantor Gospel

0
100

O cantor Chris Durán falou sobre sua mudança de vida após conhecer o amor de Deus, durante participação no programa Promessas, exibido pelo G1 na última quinta-feira (14).

“Quando você chega no topo de uma carreira internacional, muito jovem, não é a vida em que se possa encontrar o equilíbrio e a realidade”, disse.

Chris deu inicio a sua carreira na Espanha, mas logo fechou contrato com um gravadora PA seu primeiro álbum, passando a morar nos Estados Unidos.

“Diante de milhares de pessoas que falam que você é o máximo, que você é demais; se você não tiver equilíbrio e princípios familiares, você começa a pirar e a acreditar nisso que as pessoas estão falando”.

“Mesmo assim, existia dentro de mim um vazio existencial que eu não conseguia entender. Inclusive muitos cantores famosos procuram preenche-lo com as drogas, como foi o caso da cantora Amy Winehouse, mas somente em Jesus consegui preencher o meu vazio existencial”, contou.

Duran conta que sua experiência mais forte de fé aconteceu em uma igreja evangélica nos EUA: “Na frente da minha casa em Miami tinha uma igrejinha e, quando eu entrei, foi algo que não consigo explicar. Comecei a chorar muito e vi que as pessoas lá não estavam nem aí para me pedir autógrafo. Senti uma atmosfera diferente, senti a presença de Deus muito forte e comecei a ter muita sede por conhecer melhor a Deus a ler a Bíblia”.

A mudança fez com que ele enxergasse de forma diferente a musica: “Cantar gospel, qualquer um pode cantar, mesmo não sendo cristão, como ocorre nos EUA. Hoje acredito que a musica precisa ter o sopro do divino que é a presença de Deus que transforma vidas”.

Comentário