PT divulga carta de intenções de núcleo “evangélico” do partido

0
85
Foto: Reprodução/ Internet

O Núcleo Nacional de Evangélicos do Partido dos Trabalhadores (PT) divulgou uma “carta de intenção” e convocou o 2º encontro nacional de evangélicos do partido em 2020.

Esse núcleo foi formado a pedido do ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva, que acredita que o partido pode recuperar a simpatia do segmento, apesar de sua ideologia contrária ao cristianismo.

Na avaliação dos petistas, apesar de toda lama de corrupção que se meteram e a defesa de ideias contrárias aos princípios cristãos, é possível abrir diálogo com as bases.

“Reafirmamos nosso compromisso de fé e justiça e nos irmanamos a todos e todas que queiram estar nessa caminhada conosco”, diz o texto.

No documento, também há uma avaliação de que “o fenômeno evangélico na atualidade encontra-se no epicentro da questão política, como uma das ferramentas religiosas que interpretam e justificam este sistema de exclusão”.

A própria linguagem do texto já demonstra o completo distanciamento entre o partido – que ganhou o apelido de “partido das trevas” e os evangélicos.

“A defesa do Estado Laico e compreendendo que se torna necessário agir, para fortalecer espaços de atuação e formação de evangélicas e evangélicos, filiadas, filiados e simpatizantes ao PT; apoiar, participar e dialogar com movimentos sociais; criar espaços de acolhimento, inclusão e afeto para todas as pessoas, especialmente aquelas em sofrimento; e contribuir na construção de modos de leitura e de interpretação da Bíblia, a Palavra de Deus, que nos capacitem para atuarmos, conforme a sabedoria do Espírito e os ensinamentos de Cristo, desenvolvendo práticas libertárias, inclusivas e plurais em nossas comunidades de fé e no mundo”, diz.00

Comentário