Polícia turca encontra Bíblia de 1.200 anos nas mãos de contrabandistas

0
18
FOTO: REPRODUÇÃO

MUNDO| Historicamente, a Bíblia é o documento antigo mais bem preservado e confiável do mundo, não apenas pelo grande número de cópias em diferentes idiomas existentes, mas também pela qualidade dos manuscritos, idade e fontes arqueológicas de extrema precisão geográfica e histórica em conexão com seus relatos.

Até hoje, por exemplo, novos achados arqueológicos continuam fortalecendo o conjunto de evidências científicas em favor da historicidade do judaísmo e cristianismo, tal como os conhecemos através dos relatos bíblicos.

O Dr. Josh McDowell, autor da clássica série de obras apologéticas “Evidência que Exige um Veredito”, chegou a insinuar que a Bíblia é quem respalda os achados arqueológicos mais importantes da humanidade, e não o contrário, tamanha é a sua importância e nível de confiabilidade histórica.

Recentemente, por exemplo, a polícia turca encontrou nas mãos de contrabandistas uma Bíblia com pelo menos 1.200 anos de idade, sendo essa uma das mais antigas cópias já encontradas, reforçando o número de cópias que referendam os escritos autógrafos, isto é, os textos originais.

Ao todo, seis pessoas foram presas após supostamente tentarem vender o antigo manuscrito na província de Diyarbakir, no sudeste da Turquia.

Segundo informações do jornal britânico Independent, o exemplar encontrado não é da Bíblia completa, pois ele possui apenas 34 páginas, feitas com couro de animal, tendo também inscrições com detalhes em ouro. É possível que se trate de um resumo ou a cópia de alguns dos livros bíblicos. Essas informações, no entanto, ainda serão confirmadas.

A Turquia atualmente é o principal destino de artefatos arqueológicos contrabandeados do Oriente Médio, e por essa razão a polícia está investigando se a Bíblia encontrada foi contrabandeada através da fronteira da vizinha, Síria.

Comentário