Ferber: ‘Na tomografia da Palavra de Deus, estou curada’

0
15

BRASIL | Em entrevista ao site A Voz da Metrópole, a cantora e pastora Ludmila Ferber comentou os desafios que enfrentou desde que foi diagnosticada com câncer de pulmão, no ano passado. Além da debilidade causada pela doença, ela teve que lidar com rumores e boatos de pessoas que chegaram a divulgar sua morte.

Sem demonstrar abatimento em sua fé, Ludmila disse que segue em frente porque crê em Deus.

– Se esta guerra não fosse para a glória de Deus, eu já tinha desistido – disse.

Sua firmeza, porém, não significa que não houve momentos extremamente complicados. A diferença é que a pastora tomou a decisão de não focar no que parecia impossível.

– Mas eu não mostro isso [ao público]. Quando você está lutando por sua vida, sentindo dor e sem forças, você não tem disposição para postar nada. Eu escolho as minhas guerras e entendo que eu preciso continuar lutando porque essa guerra não é só minha, essa guerra é para a glória de Deus – afirmou.

Na conversa, registrada durante uma programação para mulheres chamada Entre Elas, da Igreja Esperança, da qual a cantora participou, também foi revelado que ela quase morreu por duas vezes durante a luta contra a doença. Ferber explicou que só quem a acompanhou nos bastidores sabe o que ela passou.

Apesar de ainda não ter recebido um diagnóstico de cura da parte dos médicos, Ludmila acredita que está livre do câncer.

– Eu tenho certeza que tenho que viver; Deus falou comigo. (…) Porque para mim, na tomografia da Palavra de Deus, eu estou curada. Quando você pega e assume isso por revelação, as circunstâncias mudam depois, mas o primeiro mover acontece dentro de você – declarou.

FONTE: PLENO.NEWS

Comentário