Empresário evangélico dirigente da Escola de Samba Império Serrano só não quer enredo sobre umbanda.

0
8

Um empresário evangélico é um dos filiados e principais apoiadores financeiros da escola de samba Império Serrano, e tem investido altas quantias para ajudar a agremiação a voltar ao Grupo Especial no Rio de Janeiro.

O estatuto da escola de samba não permite que existam patronos entre seus dirigentes, mas aceita que apaixonados por carnaval façam suas contribuições. E assim é que o empresário Rildo Seixas, que atua com exportação e importação, tem ajudado a escola de samba.

O curioso – e próximo da contradição, afinal o carnaval é uma festa pagã – é que Seixas se diz evangélico, membro de uma congregação Batista, e não esconde sua paixão pela festa de momo de ninguém.

Em meio à sua dedicação à escola de samba, o evangélico encontrou sua maneira, muito particular, de mostrar sua fé, recusando que a escolha produzisse um enredo ligado a umbanda ou ao candomblé: “Quando eu cheguei ao Império deixei clara a minha religião. Já fui espírita e não tenho nada contra, mas me encontrei na palavra do Deus vivo. O dia que o Império Serrano quiser falar sobre o espiritismo, cabe a mim querer ficar ou não. Mas certamente, eu não ficarei”, afirmou.

Não foi divulgado qual o aporte financeiro que ele trará para a escola carioca, mas caso decida fazer outros investimentos de cunho espiritual, existem muitas organizações missionárias que trabalham o ano todo anunciando o Deus vivo que ele diz ter encontrado.

Comentário