Dançarino com paralisia usa deficiência para pregar o Evangelho: “É minha maior ferramenta”

0
409

 

Foto: Reprodução | Internet

O americano Jerron Herman, de 26 anos, nasceu com paralisia cerebral, um distúrbio que poderia impedi-lo de viver os seus sonhos no mundo das artes. No entanto, a fé em Jesus Cristo permitiu que o jovem alcançasse o impossível.

No começo, Herman queria se tornar um escritor profissional ou trabalhar com teatro. Mas durante a faculdade, ele descobriu seu talento para a dança. “Ser dançarino não algo que eu escolhi”, disse ele ao site Faithwire. “Foram uma série de convites que levaram a uma carreira”.

O primeiro convite surgiu do coreógrafo Sean Curran, que conheceu Herman enquanto ele trabalhava como aprendiz no Teatro New Victory, em Nova York. Enquanto terminava a faculdade, Herman se juntou à Companhia de Dança Heidi Latsky, onde trabalha atualmente como dançarino em tempo integral.

O dançarino revela que sua fé tem desempenhado um grande papel na formação de suas atividades profissionais e criativas. “Eu cresci em um lar cristão, onde fui ensinado que Deus é o autor da paralisia. Isso nunca foi tratado como uma ‘falta’. Minha deficiência não era um defeito — era uma habilidade”.

“Enquanto isso, minha fé continuou crescendo”, Herman continuou. “Estou mais em sintonia com a ideia de que a deficiência é a minha declaração, é o que me conecta com diferentes pessoas e comunidades. É provavelmente a maior ferramenta que eu tenho para pregar o Evangelho, mas também para defender o amor de Deus e o que Ele tem reservado para todos”.

Herman cresceu firmado no princípio bíblico de que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus e foram chamados de acordo com o seu propósito (Romanos 8:28). Quando se tratava de sua paralisia cerebral, ele nunca teve dúvidas de que Deus usaria isso para sua glória.

Comentário