Crianças venezuelanas recebem doações de brinquedos

0
25
Foto: Marinho Ramos / Semcom

Empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM) e Electrolux se sensibilizaram com os imigrantes que chegam a Manaus, por conta da crise humanitária enfrentada pela Venezuela, e distribuíram brinquedos para 132 crianças indígenas da etnia warao, das casas de acolhimento da Prefeitura de Manaus. As doações foram entregues nesta terça-feira 11/12, no Centro de Apoio e Referência a Migrantes e Refugiados (Care), na avenida Maués, n° 120, bairro Cachoeirinha, zona Sul.

Os presentes de Natal foram entregues aos pequenos nos três espaços de acolhimentos no bairro Alfredo Nascimento, zona Norte, e no Centro, administrados pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc).

“É muito importante que a prefeitura faça esse tipo de parceria, pois é assim que conseguimos fazer um pouquinho para levar alento com a entrega de brinquedos. Essas crianças acolhidas vêm da situação de vulnerabilidade social, há muito tempo não tinham a alegria de ganhar um presente”, disse o secretário da Semasc, Dante Souza.

A entrega contou com os personagens do Natal, o Papai Noel e a Mamãe Noel, que chegaram em um ônibus cheio de carrinhos, bolas e bonecas. “Nossa empresa trabalha com o marketing social, promovemos todos os anos ações solidárias. Neste ano, nos sensibilizamos com a causa humanitária e decidimos fazer essa interação social com as crianças”, destacou a analista de relacionamento da Electrolux, Natalice Oliveira.

Para o cacique Neyvis Jesus, que se encontra acolhido no abrigo do bairro Alfredo Nascimento, as crianças estão felizes em passar mais um ano no Brasil. “Em nosso país não existe esse tipo de coisa, agradecemos aos brasileiros pelos brinquedos doados”, disse o indígena.

Comentário