Prefeitura de Manaus inalgura abrigo para mais de 200 venezuelanos

291
Foto: Reprodução/Internet

Os indígenas venezuelanos deixaram seu país e migraram para o Brasil, desde o início do ano por causa da escassez de alimentos enfrentada por eles. A etnia Warao deixou suas aldeias e vieram para Manaus, que se tornou um dos principais refúgios desses imigrantes. Cinco novos abrigos foram abertos nesta sexta-feira (14), em bairros da capital amazonense. Os espaços devem abrigar 240 venezuelanos transferidas de casas alugadas em áreas que apresentam risco de tráfico de drogas e prostituição.

Os órgãos governamentais e movimentos religiosos passaram a atuar no acolhimento dos refugiados, que estavam pedindo esmolas nas ruas e morando em situação precária. Eles chegaram a ocupar a Rodoviária de Manaus e viadutos por durante semanas.

Comentário