Sobrevivente de acidente aéreo participa do programa “America’s Got Talent” e conta seu testemunho “Deus esteve comigo durante todo o tempo”

0
1020
Foto; Reprodução/internet

Aos 16 anos, a nigeriana  Kechi Okwuchi esteve no voo 1145 da empresa Sosoliso, da Nigéria que caiu e colidiu com o solo, matando 107 pessoas nos seus 109 passageiros no ano 2005. O avião entrou em chamas, apenas Kechi e outro passageiro sobreviveram.

Com o corpo coberto de cicatrizes, Kechi participou da nova edição do programa de TV “America’s Got Talent”, onde mostrou seu talento musical, mas, foi sua história que emocionou os telespectadores.

A nigeriana que hoje mora no Texas, EUA, antes de começar sua apresentação, explicou aos jurados o que aconteceu e sua longa e difícil história de recuperação.

A jovem teve mais de 60% do corpo queimado e passou por mais de 100 cirurgias, incluindo uma para restaurar completamente o nariz que acabou perdendo no acidente.

Doze anos após o acidente, Kechi contou ao jurado Simon Cowell que ela começou a se dedicar à música durante o longo tempo que passou no hospital. “Deitada na cama do hospital, corpo todo enfaixado, eu não podia me mover nem fazer qualquer coisa, a música passou a ser minha terapia”, disse ela.

Ela relatou que foi a graça de Deus, e o amor de sua família que lhe deram condições de se recuperar. “Meus amigos e minha família me mantêm em pé. É o amor deles, suas orações e as orações de todos os que me apoiam”, explicou.

“Estou plenamente consciente de que o período de recuperação após qualquer cirurgia nunca é fácil ou curto, mas também sei que Deus esteve comigo durante todo o tempo”, afirmou em entrevista recente.

Em outro momento, ela relatou a uma repórter que estava no avião com um grupo de 60 alunos da escola cristã que ela estudava. Aos ouvirem que a aeronave ia cair, ela e uma colega que estava ao lado começaram a orar, “mas antes que comecemos a dizer: em nome de Jesus, ouvi esse som muito alto e eu apaguei”.

 

Comentário