Prefeito decreta Estado de Emergência em Manaus, por conta da onda de insegurança

0
86
O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, denuncia neste momento à imprensa da capital, em coletiva na Unidade Básica de Saúde (UBS) João Nogueira da Matta, na rua Dr. Daniel, bairro Zumbi dos Palmares, zona Leste, que nesta semana já foi assaltada por duas vezes, os ataques contra órgãos de atendimento público do município.

“A principal notícia é de que amanhã já devemos publicar o Decreto de Estado de Emergência em Manaus, por conta dessa onda de insegurança”, anunciou o prefeito.

 

De janeiro até as primeiras semanas deste mês de setembro, foram mais de 2 mil ocorrências registradas, entre furtos, roubos, assaltos à mão armada com reféns e vandalismo, em unidades de saúde, educação, transporte e assistência social, geridas pela Prefeitura de Manaus, prejudicando o pleno funcionamento desses serviços e levando prejuízos à população que fica sem atendimento.

 

Informações Assessoria.

Comentário