Pastor comenta suicídio de pastor no Piauí: “pastores também sofrem de depressão profunda”

0
39
Foto: Reprodução

O pastor Marcos Tuler, pedagogo, Bacharel em Teologia, pós-graduado em Docência Superior e Psicopedagogia, comentou através das redes sociais o suicídio do pastor Machado, dirigente da Conveção Estadual das Assembleias de Deus no Piauí (CEADEPI), que tirou a vida no primeiro dia deste ano, em Teresina-Piauí.

Confira a declaração na íntegra:

Estou certo de que não há explicação lógica, científica que justifique a “dor na alma” de quem está em depressão. Por mais que a medicina na área do psiquismo tente descrever didaticamente os sintomas e as possíveis causas desse estado de “morte em vida”, é impossível a alguém que não tenha passado por esse “abismo sem fundo” conhecer, mesmo que superficialmente, o que a pessoa deprimida sente, amarga e sofre. 

Para quem padece de depressão profunda não existe (enquanto está nesse estado) luz, cores, afetos, alegrias, amigos, filhos, esposa, esposo, comida, bebida, prazer, esperança, e nem mesmo Deus. Tudo fica cinza, lúgubre, sem brilho e insosso. É um estado de total letargia, inércia, apatia, desinteresse…

Todos os dias nos deparamos com uma gama de pessoas deprimidas, sofrendo todas essas dores, e não nos damos conta de que elas precisam de ajuda, e que agonizam diante de nossa indiferença, insensibilidade e falta de percepção. Olhamos para as pessoas, mas não as vemos. Falamos com elas, mas não as escutamos. Caminhamos ao lado delas, porém, estamos distantes…

Todos podem sofrer de depressão profunda: crianças, adolescentes, jovens, idosos, ricos, pobres, famosos, e desconhecidos. Todos podem ser “presas fáceis” dessa doença sorrateira, sutil e aterradora. 

Pastores também sofrem de depressão profunda!

Pastores não são deuses, santos, anjos, nem super-heróis; são homens, reles mortais, que dependem da misericórdia de Deus todos os dias, horas, minutos e segundos.

Minha oração é que Deus distribua nesses últimos dias um dom especial: 
O Dom de “Pastor de pastores”. Pastor Marcos Tuler (Também sujeito à depressão!).

Comentário