Pastor agride mulheres e crianças ao invés de ajuda-los

0
17
Foto: Reprodução

Uma denuncia foi feita na ultima segunda – feira (14), de que um pastor estaria impondo  violência física e psicológica a um grupo de mulheres e crianças mantidas em uma casa na Zona Rural do município de Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana de Recife.

Na delegacia as vítimas foram ouvidas e relataram que as agressões eram praticadas pelo pastor. No abrigo do pastor, que é destinado a usuários de drogas, foram encontradas nove mulheres e três crianças. A residência não tinha autorização para funcionamento.

Para não atrapalhar as investigações, a delegada titular da DP do Cabo, Natasha Dolci, afirmou que não divulgará mais detalhes sobre o caso enquanto o inquérito estiver na fase inicial.

Comentário