O Legado da igreja na educação

71

O evento que aconteceu na abertura do Centenário sem dúvidas é o resultado do investimento da Igreja no Amazonas em educação. A abertura das comemorações no dia 5 de dezembro nos leva ao passado e a entender como a estratégia de usar a educação para o crescimento da obra no Amazonas tem sido destaque.

Não poderia ser uma formatura qualquer, teria que ter pelo menos o número incrível de 1000 formandos. Administradores, pedagogos, jornalistas e as numerosas turmas de teólogos reuniram-se num dia para celebrar a conquista pessoal e geral em uma história de desafios.

A Igreja Evangélica Assembleia de Deus é a principal mantenedora da faculdade que é referencial nos cursos de Teologia e Jornalismo no Amazonas, a Faculdade Boas Novas. Localizada em ponto estratégico, perto do Auditório Canaã, onde acontecem as comemorações do Centenário e no mesmo lugar em que funciona a Rádio Boas Novas.

A estratégia de investir em educação básica com o Instituto Boas Novas, em educação superior com a Faculdade Boas Novas e educação cristã com o IBADAM- Instituto Bíblico das Assembleias de Deus no Amazonas, trouxe à Igreja e a sociedade manauara a oportunidade de oferecer educação com qualidade, segundo os princípios bíblicos.

A Faculdade Boas Novas é reconhecida nacionalmente pelos prêmios e Congressos realizados, como foi o exemplo do INTERCOM NORTE, considerado o maior encontro da Comunicação na Região Norte, e também o II Congresso Norte de Teologia/ 4° Encontro Nacional da Rede Latino-americana de Estudos Pentecostais, todos estes realizados só no ano de 2017.

As turmas que participam honrosamente desta formatura histórica são não somente da capital, como também do interior do Amazonas. Com isso, o Centenário da Assembleia de Deus no Amazonas deixa seu legado na educação e esse fato não é comemoração apenas daqueles que participaram deste processo, mas de toda a Igreja que em conjunto celebra o avanço da obra.

Comentário