“Meninas de 9 anos estão prontas para casamento” disse pregador islâmico

0
434
Foto: Reprodução/Internet

Shabudin Yahaya deputado da Malásia afirmou em discurso no Parlamento que meninas de nove anos estão “fisicamente e espiritualmente” prontas para o casamento, ele também afirma que as mulheres podem se casar com seus estupradores “Talvez através do casamento eles possam levar uma vida melhor e mais saudável. E a pessoa que foi estuprada não necessariamente tem um futuro sombrio. Ela terá um marido, pelo menos, e isso poderia servir como um remédio para crescentes problemas sociais”

Esta tradição carrega consigo grandes conseqüências, pois, dificulta a justiça em relação ao estupro infantil na Malásia. Apenas 140 dos 12.987 casos de abuso sexuais infantis relatados às autoridades entre 2012 e julho de 2016 resultam em algum tipo de condenação.

Segundo lei religiosa islâmica é “aceitável” que crianças menores de 16 anos se casem, se os tribunais da Sharia permitirem. Na Malásia, como na maior parte do mundo, a idade mínima de casamento sem a necessidade de autorização dos pais é de 18 anos.

Comentário