Maternidade Alvorada faz oficina terapêutica para mães que aguardam recuperação de bebês prematuros

0
3

A Maternidade Alvorada, na zona oeste de Manaus, passou a oferecer a partir desta quinta-feira (28/11) oficinas de tricô às mães que aguardam na unidade a recuperação dos filhos prematuros. Segundo o diretor da unidade, Marcos Vinícius, além de terapêutica, a oficina também é uma oportunidade para as mães aprenderem uma nova atividade durante o tempo em que permanecem na maternidade.

“Essas mães ficam muito tempo na unidade. Assim, nesse período elas podem aprender uma atividade diferente e ainda ajudar na recuperação dos filhos. A oficina tem como objetivo a confecção do polvo terapêutico. Segundo estudos, os tentáculos ajudam o recém-nascido a relaxar e manter a calma”, disse o diretor.

Por conta do pouco peso, os bebês ficam internados na Unidade de Cuidados Intermediários Canguru (Ucinca) até atingir o peso ideal para a alta. É nesse local que eles recebem os cuidados do Método Canguru, que prevê o contato direto, pele a pele, entre bebês e familiares.

O diretor ressalta que os bebês não têm contato com o polvo enquanto estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), na incubadora. “O contato com o polvo ocorre somente no Método Canguru, em que o bebê fica em supervisão constante da mãe. A partir deste momento ela não é uma mãe comum, é uma mãe cuidadora e já detém conhecimentos de cuidados diferenciados ao seu bebê”, explica Marcos.

O manejo e a higienização correta dos polvos serão realizados com a supervisão do Comitê de Controle de Infecção Hospital (CCIH) da unidade.

O trabalho é uma iniciativa do enfermeiro Manuel Roque Becil Júnior, em parceria com a voluntária Conceição da Silva Nogueira. A voluntária vai uma vez por semana à maternidade para ministrar as aulas de tricô às mães.

Integrante da rede estadual de saúde do Amazonas, a maternidade fica localizada no bairro Alvorada I, na rua 7, zona oeste de Manaus.

FOTOS: Divulgação/Susam

Mais informações: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Saúde (Susam): 3643-6304 e 98407-1699. E-mail: comunicacao@saude.am.gov.br.

Comentário