INOCENTE – STF arquiva inquérito contra o deputado Silas Câmara

0
15

“a apuração não reuniu suporte probatório mínimo de materialidade e de autoria que ampare o oferecimento da denúncia”.

BRASÍLIA| O ministro Luix Fux, do STF (Supremo Tribunal Federal), arquivou o inquérito nº 3.340 no qual o deputado federal Silas Câmara (PRB-AM) era investigado por usar indevidamente linha telefônica da Câmara dos Deputados entre 2007 e 2010.

Em decisão divulgada nesta quinta-feira, 25, o ministro Luiz Fux alegou que o MPF se manifestou nosentido de que a apuração não reuniu suporte probatório mínimo de materialidade e de autoria que ampare o oferecimento da denúncia” e por isso, pediu o arquivamento da denúncia contra o deputado federal.

“Cumpridas todas as diligências requeridas, a Procuradora-Geral da República esclarece que “não se vislumbra a realização de diligências úteis a comprovar a efetiva prática da conduta ilícita apurada, inclusive já prescrito o crime suposto de corrupção eleitoral”, razão pela qual requer o arquivamento do feito”, alegou o ministro Luiz Fux na decisão.

FONTE: COMUNICA AM

Comentário