Hailey Baldwin, noiva do cantor Justin Bieber, afirmou em entrevista que vê sua fé como um “relacionamento pessoal com Deus”

0
249
Foto: Ego Globo

A futura esposa de Justin Bieber, Hailey Baldwin, revelou detalhes do seu casamento com o cantor e falou sobre a sua fé. Ela é filha do ator evangélico, Stephen Baldwin, com a brasileira Kennya Baldwin, filha do pianista Eumir Deodato.

 

Em entrevista à revista Teen Vogue em 2016, a modelo falou sobre seu relacionamento com a fé: “Eu não vejo isso como uma religião. Eu vejo isso como seu relacionamento pessoal com Deus porque, no que eu acredito, não diz na Bíblia que é uma religião definida e um conjunto de regras. É o seu próprio relacionamento pessoal com Deus entre você e Ele, e a Bíblia é uma ferramenta para você poder viver isso dia após dia. A Igreja é uma ferramenta para você ter comunhão com outras pessoas que acreditam naquilo em que você acredita”, afirmou.

 

“Eu fui criada na igreja. Fui educada nessa vida, e acho que é muito importante que todos estejam em contato com sua espiritualidade e ter um relacionamento com Deus, nem todo mundo vai acreditar no Deus em quem eu acredito, mas é algo que eu não tenho medo de compartilhar com as pessoas, porque eu sei como isso me inspira – como isso afeta positivamente minha vida […] Eu acho que Deus meio que me colocou nesse lugar da minha vida para não ficar quieta sobre isso, não ficar quieta sobre Ele, mas para alcançar as pessoas e inspirar as pessoas”, declarou a modelo na época.

 

Quando Justin Bieber anunciou seu noivado, ele enfatizou que as coisas acontecem no tempo de Deus: “Prometo levar nossa família com honra e integridade, deixando Jesus através de seu Espírito Santo nos guiar em tudo o que fazemos e em todas as decisões que tomamos. O tempo de Deus é literalmente perfeito, ficamos noivos no sétimo dia do sétimo mês, o número sete é o número da perfeição espiritual, é verdade! [Pesquisa no] Google [sobre] isso!.

 

A mãe do cantor, Pattie Mallette, também evangélica, comemorou o anúncio parabenizando o filho: “Amor Amor Amor Amor Amor Amor Amor”, escreveu no post. Jeremy Bieber, pai de Bieber, elogiou o filho: “Orgulho é um eufemismo! Animado para o próximo capítulo!”.

 

Comentário