Flashmob reúne dezenas de pessoas vestidas de Jesus

0
494
Foto: Reprodução/ Internet

Pelo décimo ano seguido, ocorreu em Londres o Christathon, uma espécie de flashmob profano realizado no final de semana da Páscoa. A ideia é que os participantes se vestissem de Jesus (ou Maria) e saíssem pelas ruas, entrando nos bares, bebendo e, segundo a divulgação: “trazendo  cerveja e alegria para a população”.

Os promotores do evento afirmam que é a ideia era “ter diversão” durante o feriado. Seguindo a ideia de um flashmob, as pessoas apareceram vestidas como Cristo (alguns numa versão ‘moderna’).

A página do Facebook criada para divulgação afirma: “A ideia é surpreender e não ofender. O  evento é por uma boa causa e todos os participantes são convidados a fazer uma pequena doação para caridade “. Um dos argumentos é que, se estivesse entre nós hoje, Jesus estaria  “se divertindo” sem pregar ódio ou divisão. Se o mundo encontra defeito com isso, então ele precisa mudar suas prioridades. Este grupo diz “abraçar a todos em homenagem ao verdadeiro significado do cristianismo”.

Os cerca de 30 participantes se encontraram no início da tarde do domingo na estação de metrô de Borough e foram para o primeiro pub, chamado The Trinity (A Trindade). A partir dali visitaram outros 9 bares pela cidade cujo nome possui algum tipo de referência à Bíblia.

Batizado de Christathon, termo que mistura Cristo com Maratona, este ano o flahmob teve pessoas carregando cruzes da madeira, com o objetivo de chamar atenção.

Os jornais da Inglaterra divulgaram algumas imagens do evento e fizeram menção a ele em artigos curtos, mas o que se pode concluir é que esse tipo de evento apenas simboliza a decadência do cristianismo numa Europa cada vez mais secularizada, que nega e ridiculariza  as suas tradições cristãs.

Comentário