Solidariedade, fogos e grandes artistas atraem 250 mil pessoas às três festas da virada em Manaus

0
26
Queima de Fogos abre o ano de 2019 na Ponta Negra. Foto: Márcio James e Alex Pazuello / Semcom


A população manauara aderiu ao chamado para começar 2019 com gestos de solidariedade e lotou as três grandes festas de réveillon organizadas pela Prefeitura de Manaus nas zonas Leste, Sul e Oeste, desde o começo da noite do dia 31/12 até as primeiras horas deste 1º de janeiro. Nos três pontos, mais de 255 mil pessoas celebraram a chegada do novo ano prestigiando grandes artistas locais e nacionais, além do show pirotécnico, e entregando donativos que serão destinados às famílias vítimas do incêndio ocorrido no bairro Educandos.

Animado com a grande participação do público, o prefeito Arthur Virgílio Neto visitou os três locais, acompanhado da primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, responsável pela contabilização e distribuição das doações, por meio do Fundo Manaus Solidária. Por volta das 22h, chegaram ao Shopping Phelippe Daou e sentiram a energia do público. Em seguida, foram à Orla do Amarelinho, no bairro Educandos, e viram de perto, mais uma vez, a solidariedade do público.

Por fim, ao chegar no Complexo Turístico Ponta Negra, Arthur celebrou junto ao público a chegada de 2019. Coube a ele fazer a contagem regressiva que antecedeu a queima de fogos na praia da Ponta Negra, onde o maior réveillon do Norte do País é realizado há seis anos. Um verdadeiro show pirotécnico, com seis toneladas de fogos, coloriu por dez minutos o céu, deixando o público de 215 mil pessoas eufórico.

Segundo o prefeito, 2018 foi um ano bom, porque trouxe equilíbrio econômico e fiscal para a administração municipal e um vigoroso plano de trabalho em todas as áreas. “E sei que 2019 vai ser muito melhor. Temos recursos garantidos para obras de infraestrutura, educação, avanços na saúde. Vamos ter um ano grandioso”, assegurou o prefeito, afirmando ainda que o Réveillon de Manaus já é o terceiro maior do País, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro e Salvador.

Do palco, ele exaltou a solidariedade do povo manauara e desejou ao público um ano próspero. A primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária se emocionou com o gesto de solidariedade em favor das vítimas do incêndio ocorrido no Educandos, a partir da mobilização do público. O cantor Luan Santana também doou parte do cachê para as vítimas. “Que a solidariedade seja ainda maior em 2019, 2020, sempre”, disse Elisabeth Valeiko.

Segundo o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula, o sucesso do réveillon não se reflete apenas na presença de público, mas também no número dos donativos que foram entregues nos três pontos onde foram promovidas a festa da virada. “Manaus mostra, mais uma vez, o seu melhor produto turístico para o mundo: o Réveillon às margens do Rio Negro que, este ano, ganhou um colorido especial com a solidariedade do povo manauara em favor das vítimas do incêndio no Educandos. O Fundo Manaus Solidária, que vem amenizando a dor dessas famílias desde o início, agora contabiliza novas doações. Temos sucesso de público nos três pontos e sem registro de ocorrências graves, o que demonstra a consolidação de Manaus como a capital dos grandes eventos”, afirmou.

Atrações na Ponta Negra

Foto: Camila Batista / Manauscult

O show principal da noite na Ponta Negra surgiu no palco pouco depois das 00h30. Sob gritarias e aplausos dos fãs que o aguardavam desde a manhã no local, Luan levou o público ao delírio cantando os grandes sucessos da carreira como “Meteoro da Paixão”, que o revelou nacionalmente, “Te Esperando”, “Acordando o Prédio” e muito mais.

No palco, Luan disse estar emocionado por passar o réveillon na capital amazonense, onde morou há alguns anos. Durante o dia, passeou pela cidade para tomar açaí e tacacá. Ao final do show, o cantor recebeu fãs e imprensa no camarim.

“Minha relação com Manaus é de muito amor e cumplicidade. Vir aqui é sempre especial, porque me traz boas recordações da minha infância. Literalmente, me sinto em casa”, disse o cantor, destacando também a forma como os fãs da cidade abraçam seus projetos. “Tudo na boca da galera, inclusive Sofazinho que foi lançado recentemente”, completou o artista que comemorou 11 anos de carreira.

Uma explosão de cores, bailarinos em coreografias especiais e adereços, desde confetes a formas geométricas luminosas, o “Show das Estrelas” foi responsável por aquecer o público da Ponta Negra antes da queima de fogos da virada.

Interpretando os hits de 2018, os cantores Bel Martine, Marcio Cigano, May Satier, Taty Corazón e Elias Moreira, realizaram um show plural, variando do pop ao sertanejo, do funk ao reggaeton e arrocha, com sucessos nacionais como Anitta e de artistas de explosão local, como Guto Lima. O set list teve direito, ainda, a um encerramento apoteótico com clássicos do boi-bumbá e um pot-pourri de Jorge Ben Jor.

A estudante Lia Moraes veio pra festa para ver Luan Santana, mas ficou encantada com o Show das Estrelas. “Eu adorei as vozes, os detalhes, as danças, o repertório, tudo. Com certeza um show com cara de réveillon”, contou, animada, enquanto esperava a virada e o momento do show do seu ídolo.

A noite no palco da Ponta Negra contou também com a apresentação eletrizante de samba e pout-pourri de pagodes antigos entoados pelo cantor Uendel Pinheiro e pelo forró arretado do cantor Jardel Santos.

Zona Leste

Foto: Leonardo Leão

Com três toneladas de fogos, o público da zona Leste comemorou a chegada de 2019 com um show pirotécnico que durou oito minutos, emocionando as mais de 30 mil pessoas presentes. Grande atração do Réveillon Solidário do Shopping Phelippe Daou, a cantora Joelma levou o público ao delírio com novos e antigos sucessos.

Antes mesmo do início da apresentação, os fãs já faziam a festa e gritavam em coro “Joelma, eu te amo”. No palco, a cantora retribui o carinho com uma bonita declaração. “Muito obrigada por me receberem sempre com tanto carinho isso é muito importante para mim. E quero aproveitar para dizer que hoje estou de pé mais forte do que nunca. Sou muito grata a Deus, porque eu nunca estou sozinha. Obrigada meus fãs, meus amores”, disse a cantora.

Fãs de Joelma chegaram cedo ao shopping popular para acompanhar o show da cantora. Irineu Pedrosa e Alberto Galdino, presidente e vice, respectivamente, do Fã-Clube “Joelma Coração” garantiram o melhor lugar no espaço, uma tentativa de ficar mais perto da artista paraense.

“A Joelma é nossa rainha e não nos importamos em esperar mais de três horas por ela, porque ela sempre nos surpreende. O importante mesmo é garantir o bom lugar para vê-la de perto”, comentou Irineu. “Estou muito feliz de participar do primeiro réveillon dela em Manaus. Joelma é realmente muito especial para nós, fãs”, completou Alberto.

Educandos

Foto: Nathalie Brasil / Semcom

Famílias e amigos que receberam o ano de 2019 no bairro Educandos, zona Sul de Manaus, estavam em clima de comunhão e emoção na virada do ano e deram a tônica do Réveillon de Manaus que contou com uma tonelada de fogos e seis minutos de duração. No local, um público de 15 mil pessoas participou da festa.

A banda “Impakto” foi a responsável pela contagem regressiva. A vocalista, Nete Garcia, afirmou estar muito feliz em poder participar de um momento como esse. “Estou feliz em participar dessa festa em Manaus e viemos trazer alegria pra esse pessoal tão receptivo que são os moradores do Educandos e que precisam mais do que nunca da nossa solidariedade e alegria. Que venha um 2019 cheio de bênçãos do céu”, disse.

Com lágrimas nos olhos, o estudante Junior Souza abraçou a irmã e a amiga que aguardavam a virada. “O réveillon é uma coisa tão bonita e o Educandos precisa deixar pra trás tudo o que aconteceu de ruim e viver uma nova realidade com a família que é o mais importante”, ressaltou.

O projeto “Elas Cantam Samba”, das cantoras amazonenses Lucilene Castro, Márcia Siqueira, Fátima Silva e Cinara Nery, foi apresentado pela primeira vez na orla do Amarelinho. De acordo com Cinara, as músicas foram escolhidas com carinho para levantar o espírito da comunidade. “Viemos no intuito de levantar o alto astral das pessoas desse bairro tão querido. Que o nosso samba faça com que o espírito de alegria e solidariedade continue em 2019”, completou.

Operação

Foto: Nathalie Brasil / Semcom

Para a realização do Réveillon 2018 em três pontos de Manaus – Ponta Negra, Shopping Phellipe Daou e Educandos – o Gabinete de Gestão Integrada da Prefeitura de Manaus operou com um total de 2.806 servidores por meio das secretarias municipais de Comunicação (Semcom), de Saúde (Semsa), da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), de Limpeza (Semulsp), de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc), além dos institutos municipais de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) e de Planejamento Urbano (Implurb), da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), da Casa Militar, da Visa Manaus, do Fundo Manaus Solidária e de órgãos como o Juizado de Menores, Corpo de Bombeiros e as polícias Civil e Militar.

Comentário