Ex – diarista enfrenta tráfico e resgata crianças em SP

0
948
Foto: Reprodução/Internet

Marlene Garcia (59), abandonou seu emprego de empregada doméstica para dedicar-se no resgate  de crianças, e hoje ela alimenta cerca de 230 de crianças no Morro da Macumba Em SP, uma favela com cerca de 10 mil moradores.

Além das constantes perseguições a crianças para usá-las como soldados em gangues, a fome também era um sério problema da comunidade, o que comoveu Marlene e passou a dedicar-se na proteção dessas crianças. “Tenho dó de criança, não sei por que, começou do nada. Vejo uma com fome, pobrezinha, quero trazer para cá”, contou a ex-diarista, em depoimento à Folha de S. Paulo.

No final dos anos 90 Dona Marlene com incentivo da filha tomou coragem e exigiu ao traficante que parasse de perseguir as crianças, o que surpreendentemente funcionou. “Fui falar com um chefe do tráfico e pedi para ele nunca mais usar uma criança. Ele aceitou”, contou Vanessa, que teve o incentivo de sua mãe.

Comentário