“É impactante ver a sede que eles têm da Palavra”, diz pastor ao ministrar na África

0
11
(Foto: Missão Mãos Estendidas)

MUNDO| Mais de 100 pastores de diferentes aldeias e cidades africanas se reuniram durante cinco dias em Lilongwe, capital do Malawi, para receber capacitação bíblica de líderes brasileiros. O Seminário Bíblico Intensivo foi promovido pela Missão Mãos Estendidas (MME) entre 3 e 7 de junho.

Pastores de Zâmbia e Malawi compareceram ao seminário para ouvir palestras sobre Saúde Emocional, Discipulado Familiar e Transformação Comunitária. As reuniões foram marcadas por perguntas e respostas, orações e encorajamento.

“Nosso objetivo com esses seminários é colocar, nas mãos desses pastores, sementes da liberdade que possam ser plantadas assim que chegarem em suas comunidades”, disse ao  site Guiame o missionário Saulo Porto, diretor de ensino da MME.

As despesas de transporte e alimentação dos pastores africanos foram cobertas pela MME. Cada pastor brasileiro também levou uma oferta de encorajamento. Ao todo, a missão investe 100 dólares na vida de cada pastor, a cada seminário bíblico intensivo.

“Os desafios da África são muito maiores do que imaginamos, mas temos a certeza que nunca serão maiores do que o nosso Deus. Por isso continuamos avançando, um pouco de cada vez, um pastor de cada vez, uma comunidade de cada vez”, destaca Saulo.

(Foto: Missão Mãos Estendidas)

O pastor Marcos Corrêa, diretor do Guiame, esteve entre os preletores do seminário. Ele relatou a alegria na qual os pastores africanos recebem os pregadores brasileiros e a forma como eles valorizam o momento de ensino bíblico.

“Durante todo o evento, eles ‘comem’ a Palavra. Eles vivem aquilo, eles escrevem mesmo sabendo que vão receber a apostila. Realmente, é muito impactante ver a sede da Palavra que eles têm”, afirma Marcos.

“Mesmo com todas as dificuldades no sentido financeiro, eles se dispõem a ficar lá por dias escutando a Palavra. Se disserem para eles ficarem mais horas, eles ficam o tempo inteiro escutando com muita alegria. É realmente impactante”, Marcos acrescentou.

O pastor Elias Caetano, diretor da MME, falou sobre a importância do seminário especialmente após a passagem do ciclone Idai, que afetou diretamente 922.900 pessoas no Malawi.

“Entre os pastores que estavam no seminário, pelo menos metade foram atingidos com a passagem do ciclone. Então o seminário foi bem renovador para eles. No final eles ficaram muito animados e esperançosos. Esses seminários acabam trazendo uma renovação de visão e propósito”, disse o pastor. “Para mim, vendo todo o processo do Idai e a presença deles lá, vi que no final do seminário havia uma alegria diferente”.

Obrigado por você investir seu tempo, suas orações, suas contribuições, nas vidas de pastores africanos que tem sido chamado para construir uma África melhor. Obrigado por ter sido, junto conosco, uma mão estendida para África.

FOTOS DO EVENTO:

(Foto: Missão Mãos Estendidas)

(Foto: Missão Mãos Estendidas)

 

 

 

FONTE: GUIAME

Comentário