Crianças chinesas são proibidas de estudarem a bíblia

0
466
Foto: Reprodução/Internet

O governo Chinês vem lutando contra o cristianismo regularmente. Com isso, os oficiais do Partido Comunista na província de Zhejiang, ordenaram através de um mandato, o fechamento de escolas dominicais e proibiram crianças de irem a eventos cristãos infantis.

“Há um bom tempo, adolescentes e estudantes não têm permissão para participar de atividades bíblicas”, disse Zhang, um cristão local.

“No entanto, a Igreja das Três Autonomias [única denominação autorizada pelo governo] e as igrejas domésticas [clandestinas] pretendem continuar realizando os eventos bíblicos de férias durante o verão. O governo então enfatizou … que até mesmo as escolas dominicais seriam fechadas. A principal intenção do governo é fechar as escolas dominicais”, declarou.

Há pouco tempo, o Comitê Patriótico Provincial das Três Autonomias de Henan e o Conselho Provincial de Henan chinês, fizeram um pedido com ordem de impedimento as igrejas de organizarem escolas bíblicas para menores de idade e estudantes.

Um fiel de uma das igrejas afirmou que os acampamentos cristãos foram permitidos em verões anteriores, e só havia interferência do governo, se esses fossem denunciados.

“O governo está tentando controlar a religião”, disse Zhang à saída. “Durante os tempos do presidente chinês, Jiang Zemin e Hu Jintao, o governo era tolerante com relação à pregação do Evangelho e o trabalho missionário. Depois que Xi Jinping entrou no poder, a repressão sobre as religiões se fortaleceu”.

 

Comentário