Casal de missionários são testemunhas de 450 mortos ressuscitados no moçambique

0
2048
Foto: divulgação/internet

 

Camila Dantas:

Heide e Rolland Baker fizeram parte, em 1997, do movimento de “bênção de Toronto”. Eles buscavam avivamento pessoal, mas, acabaram testemunhando que viram o mover de Deus.

Eles descrevem o que aconteceu comigo algo extraordinário, pois, estava querendo muito o toque de Deus. Ela conta que o pastor Clark viu o que Deus estava fazendo nela e disse enquanto profetizava: “Deus quer saber se você quer a nação de moçambique”. Ela respondeu “Sim!”.

Ela afirma que sentiu um “fogo de Deus” passando por todo o seu corpo.  “Eu tremia e clamava gritando durante sete dias e sete noites depois disso. Senti a presença de Deus de uma maneira tão intensa que fiquei incapacitada. Não conseguia andar, falar, nem.mover. Muitas pessoas riam, mas para mim não havia nada de engraçado. Foi um tempo poderoso e Santo”, disse ela.

Nesse mesmo dia o casal recebeu uma profecia sobre o moçambique: “Os cegos virão, os surdos ouvirão, os aleijados andarão, os mudos falarão, os mortos ressuscitarão e as multidões virão a Jesus”, lembra.

Eles afirmam que chegaram em moçambique querendo curar todos os cegos, oraram mas nada acontecia, mas, mesmo que parecesse impossível eles estavam crendo. Mas, mesmo demorando, os milagres em nome de Jesus vieram.

O pastor Clark conta: “Desde que eles (as pessoas de moçambique) foram tocados por Deus, durante o avivamento, ganharam cerca de 1 milhão de pessoas para Jesus, iniciaram quase 10 mil igrejas, e ressuscitaram 450 pessoas”. Disse.

Comentário