Após visita ao inferno, boxeador se converte ao evangelho

0
750
Foto: Reprodução/Internet

O ex – boxeador Curtis Kelley foi designado como sucessor de seu pai na prática do vodu, mas um real encontro com Deus mudou sua história de vida.

Curtis é o sétimo filho de sua mãe, que vivia com o marido e mais seis filhos na cidade de  Nova York, nos Estados Unidos. O pai inconformado com a gravidez, forçou a esposa a abortar a criança. Por ela ter negado o pedido, ele chutou sua barriga para provocar um aborto espontâneo.

“Deus viu isso e poupou minha vida”, declara Curtis.

Durante toda infância e juventude, Curtis viu seu pai e seus irmãos totalmente envolvidos  no ocultismo e nas drogas, sua mãe era uma cristã que orava e jejuava por todos. Após anos sofrendo agressões do marido, ela pegou todos os seus filhos e fugiu para Milwaukee, no estado norte-americano do Wisconsin, enquanto o pai estava fora da cidade.

Por mais que as influências de sua mãe fossem as melhores possíveis, Curtis sofreu uma overdose aos 15 anos e teve uma visão do inferno.

“Os demônios estavam me atingindo na cabeça. Eles estavam puxando minha língua. Eles riam de mim, dizendo: ‘Nós te enganamos! Nós te enganamos! Você estava lançando feitiços, mas era para chegar nesse lugar’”, disse ele.

“Eu sabia como as drogas funcionavam. Aquilo foi diferente. Eu estava consciente. Eu vi com meus próprios olhos. Eles me lembraram de tudo o que eu tinha feito de errado. Eles não queriam me deixar em paz”, continuou.

Inesperadamente, durante a visão, algumas mãos o puxaram para fora do inferno. “Ouvi essa voz que disse: ‘Por causa das orações de sua mãe e porque você foi escolhido para cumprir um propósito, você foi salvo’”. Em seguida, ele recuperou a consciência em um hospital psiquiátrico.

Após sair do hospital, Curtis se dirigiu a uma igreja e buscou ajuda espiritual, ele fala que sentia necessidade em se render a Deus.Durante um culto, o ex – boxeador ouviu a voz de Deus dizendo que o amava, e se entregou totalmente a Cristo.

 

Comentário