Aluno expulso por discordar do casamento homossexual vence causa na Justiça

0
753
Foto: Reprodução/Internet

O universitário Felix Ngole, 39, foi expulso da Universidade de Sheffield no ano passado, poism o mesmo teria discordado do casamento entre duas pessoas do mesmo sexo. Ngole publicou em seu facebook que apoia o casamento apenas entre homem e mulher, logo, a universidade o chamou de “inapto para praticar sua profissão”.

Ngole é pai de quatro filhos e natural de Camarões (África), ele processou a universidade por tê-lo expulsado do curso (assistente social). Após várias recusas o Tribunal Superior finalmente decidiu em seu favor.

“Estudantes com opiniões cristãs estão sendo informados de que eles não estão aptos para praticar as profissões que sempre sonharam”, disse a Chefe do Executivo, Andrea Minichiello Williams, do Centro Legal Cristão, que representou Ngole durante o julgamento deste caso. “Para as pessoas de fé que acreditam agora no que a maioria das pessoas costumava acreditar, isso pode ser um problema, repudiado pela diretoria”.

Ngole e sua esposa expressaram sua gratidão após a decisão final do Tribunal Superior e deram “toda a glória a Deus” depois que o estudante venceu a causa na Justiça. “A vitória pertence a Jesus e somente a Jesus”, diz Ngole. “Não há ninguém maior do que nosso Rei. Não há ninguém maior que Deus, não há corte tão grande quanto à sua corte, ele é o governante de todos”.

Comentário